4 motivos para não comprar o Moto G6

4 motivos para não comprar o Moto G6

A Motorola recentemente anunciou no Brasil a sexta geração do seu smartphone mais popular, o Moto G. Em 2018, o aparelho vem em três versões: o básico Moto G6 Play, o completo Moto G6 Plus e o intermediário Moto G6.

Pensando nisso, preparamos dois guias para você que está na dúvida entre comprar ou não o Moto G6. Primeiro, você conferiu uma lista com quatro motivos para comprar o aparelho. E agora apresentamos a você uma lista com quatro motivos para não comprar o celular.

Tenha em mente que este artigo é um guia e não um review completo do Moto G6, e por isso fatores como preço e desempenho não entram na análise. Coloque os prós e contras na balança e diga nos comentários se você concorda, discorda ou tem algo a acrescentar.

1. Processador de entrada

O Moto G6 é posicionado como um celular intermediário, mas seu processador é um modelo de entrada, o Snapdragon 450. A linha 400 é a que oferece chips de desempenho mais básico entre todos os processadores da Qualcomm.

Embora os chips da linha 400 tenham evoluído com o passar dos anos, eles ainda são os que ficam defasados mais rapidamente. O que significa que, com o passar do tempo, o G6 certamente vai ter dificuldade para seguir o ritmo de alguns apps mais pesados, e pode vai apresentar travamentos.

2. Traseira de vidro

O design chamativo do Moto G6 inclui uma traseira toda de vidro com um efeito de curva no reflexo. É um visual digno de celular top de linha, mas tem um lago negativo: o vidro atrai muitas manchas e, principalmente, marcas de dedo.

Além disso, o vidro torna a traseira bem mais frágil. Se o celular cair no chão, não é só com a tela que você vai ter que se preocupar. Uma simples capinha resolve os dois problemas, mas também esconde o design chamativo do aparelho.

3. Câmera saltada

Uma tendência que a Motorola vem seguindo há alguns anos é a da câmera saltada. Quase todos os smartphones da marca vêm com uma protuberância na área do sensor traseiro, e com o Moto G6 não é diferente. Isso deixa o vidro da câmera mais suscetível a danos, já que ele fica mais exposto do que o resto do aparelho.

Na linha Moto Z, há quem diga que essa protuberância dá alguma sustentação aos acessórios modulares da Motorola. Mas como o Moto G6 não tem suporte a Moto Snaps, essa câmera saltada não se justifica aqui.

4. Som mono

A reprodução de som no Moto G6 não é das melhores. O smartphone vem com apenas uma saída de áudio e ela fica justamente na área do fone, onde o usuário encosta o ouvido para escutar ligações e mensagens de áudio, por exemplo.

A saída é estreita e, por ser mono, também é limitada na hora de dividir os canais de áudio devidamente. Isso atrapalha na sensação de “imersão” que a tela de 18:9 propõe.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.