Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um bug do Steam que existe há pelo menos dez anos deixa computadores vulneráveis a ataques de hackers, que conseguem até mesmo controlar remotamente a máquina da vítima. A falha foi divulgada pelo pesquisador de segurança Tom Court, da empresa Context.

Em um post divulgado na quarta-feira, 30, Court detalhou a vulnerabilidade que, de acordo com o pesquisador, é “um bug bem simples, relativamente fácil de ser explorado devido à falta de proteções modernas.” Originalmente, a falha permitia execução de código remoto no cliente do Steam e, assim, ganhar acesso ao sistema da vítima.

Veja também:Apple explica rejeição de app do Steam que faz streaming de jogos no celularComo jogar games do PC no Android com o novo app do SteamJogo do Steam oferece um bitcoin como prêmio para o primeiro que terminá-lo

A Valve, porém, soltou uma correção para essa falha em julho do ano passado. Mas nem tudo foi corrigido, e ainda há uma forma de explorar a falha detalhada por Court. Agora, no entanto, a execução dela é um pouco mais complicada: o bug pro si só faz o cliente do Steam travar, e se usado em conjunto com outras vulnerabilidades, pode também dar aos hackers acesso ao computador da vítima.

O pesquisador disse que avisou à Valve da falha no dia 20 de fevereiro, e uma correção já estava disponível para usuários beta 12 horas depois, e no dia 22 de março o patch estava disponível para todos os usuários do Steam.

Court diz que, ao analisar documentos do protocolo da Valve que foram divulgados com o passar dos anos, ele descobriu que os códigos da empresa não mudaram significativamente de 2008 para cá, o que indica que a falha poderia ter sido explorada por hackers em qualquer momento nesse período de tempo.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.