Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


imagem08-01-2018-16-01-53

Há algum tempo, empresas e pesquisadores vêm experimentando novas formas de transmitir acesso à internet, e uma delas é o chamado “Li-Fi” – internet por meio da luz. O MyLiFi é um dos primeiros produtos a trazer essa tecnologia para as mãos do consumidor.

Trata-se de uma luminária que, como o nome sugere, transmite internet por meio da luz. Ou, pelo menos, é o que promete a startup Oledcomm, que produz o dispositivo, e que lançou uma campanha de financiamento coletivo no Indiegogo para transformar o projeto em realidade.

Veja também:Tela de projeção consegue exibir mais de uma imagem ao mesmo tempoIntel diz que terá chips preparados para a nova geração do Wi-Fi em 2018Empresa cria palmilha inteligente que ajuda usuário a corrigir sua postura

O The Verge teve acesso ao MyLiFi durante a CES 2018, maior feira de tecnologia do mundo, realizada nesta semana nos EUA. E o que eles descobriram é que a luminária não é tão mágica quanto a descrição faz parecer.

Como o Li-Fi ainda não é um padrão certificado, não existem computadores ou celulares capazes de se conectar à internet só por meio da luz. Para o MyLiFi funcionar, portanto, é preciso conectá-lo a um adaptador sem fio que, por sua vez, se conecta à porta USB de um PC.

Outro ponto questionável tem a ver com a fonte da internet. O acesso não vem exatamente da lâmpada da luminária, mas sim de um disparador de luz infravermelha, que é invisível ao olho humano, e que fica no centro dela. Ou seja, a internet funciona mesmo com a lâmpada apagada.

Outra desvantagem está no fato de que o produto custa US$ 840 e só vem com um adaptador, de modo que só um dispositivo pode ter acesso à internet por vez. E, para completar: a conexão do MyLiFi depende de um cabo de rede tradicional conectado à luminária em primeiro lugar.

Ou seja, você que já tem um cabo ethernet saindo do modem precisa ligar esse cabo à luminária e depois rotear essa internet a um adaptador USB, para só assim ter acesso à internet. A parte Li-Fi do produto é praticamente imperceptível se você não tem um dispositivo com suporte à internet por luz.

Quais são as vantagens? Segundo a Oledcomm, o Li-Fi é mais seguro porque, ao contrário do Wi-Fi, ele não atravessa paredes e não pode ser “roubado” por um vizinho folgado, por exemplo. A óvia desvantagem é que o PC precisa estar próximo o bastante da luz infravermelha para se conectar à web.

O plano da Oledcomm é popularizar “roteadores Li-Fi” como esta luminária de modo que o padrão seja mais bem aceito pela indústria, até que cabos e adaptadores não sejam mais necessários. A startup quer arrecadar US$ 50 mil para produzir o MyLiFi em massa.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário

blog do wordpress