Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Papua-Nova Guiné vai ficar um mês sem Facebook. Na busca por criminosos na internet, o país da Oceania vai bloquear por quatro semanas o acesso à rede social.

O banimento do Facebook foi anunciado nesta terça-feira, 29, pelo ministro das comunicações de Papua-Nova Guiné, Sam Basil. Durante as próximas quatro semanas, segundo o ministro, autoridades vão tentar identificar a origem de conteúdo considerado inadequado pela legislação local.

Veja também:Facebook vai criar chip para ajudar a filtrar conteúdo de vídeos ao vivoGoogle e Facebook enfrentam processo bilionário em primeiro dia de lei europeiaFacebook está pedindo para os usuários revisarem configurações de privacidade Facebook trabalhará com pesquisadores para avaliar efeitos de ‘fake news’

A ação faz parte de uma ofensiva do governo local contra criminosos na internet. A ideia é identificar a origem de imagens pornográficas e notícias com informações falsas para que esse tipo de conteúdo seja filtrado e removido do Facebook.

O ministro Basil também sugeriu que o país vai criar um rival próprio para a rede social de Mark Zuckerberg.

Ao site CNET, o Facebook disse que entrou em contato com o governo da Papua-Nova Guiné para entender quais são as preocupações das autoridades.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário