Rússia pede para Apple remover Telegram da App Store no país

Rússia pede para Apple remover Telegram da App Store no país

Depois de ter o uso banido da Rússia, o Telegram pode sumir de vez da App Store – ao menos em sua terra natal. O órgão de censura russo Roskomnadzor pediu à Apple ajuda para bloquear de vez o aplicativo no país, removendo-o da loja de apps e também impedindo que ele envie notificações a usuários em território nacional. A informação vem da AFP.

O aplicativo de mensagens vem sofrendo represálias do governo russo desde que se recusou a compartilhar suas chaves de criptografia com as autoridades locais. Um decreto judicial baniu a plataforma do país sob a justificativa de que ela poderia usada livremente por eventuais criminosos e até mesmo terroristas para se comunicar.

Veja também:Mais um país decide bloquear acesso de cidadãos ao TelegramRússia derruba parte da internet no país para bloquear o TelegramJustiça determina bloqueio do Telegram na Rússia

Ainda assim, o governo não conseguiu interromper mais do que 30% das operações do app em território nacional, mesmo com o bloqueio de diversos serviços de VPN. Isso porque, ainda que esteja banido, o programa segue disponível nas lojas de aplicativos locais, tanto da Apple quanto do Google. O Roskomnadzor, aliás, também diz estar em contato com a empresa por trás do Android para estender a remoção ao Google Play.

Nenhuma das duas empresas se posicionou sobre o caso até agora. No entanto, como bem lembra o The Verge, ao menos a Apple tem um histórico de colaborar com governos – ao menos na China, onde aplicativos de VPN foram removidos da App Store local à pedido das autoridades.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.