Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Pela primeira vez, a Food and Drug Administration, a agência do departamento de saúde dos Estados Unidos, aprovou o uso de um dispositivo de diagnóstico de inteligência artificial que não precisa de um médico especializado para interpretar os resultados.

Conforme relata o The Verge, o software IDx-DR é capaz de detectar retinopatia diabética, uma doença ocular, através de fotos da retina do paciente. Basta o médico ou o enfermeiro fazer o upload de fotos da retina da pessoa para que o algoritmo possa fazer a análise.

Veja também:Astrônomos detectam 6 mil crateras na Lua com ajuda de inteligência artificialMicrosoft usa inteligência artificial para criar cadeira de rodas autônomaCientistas usam inteligência artificial para detectar câncer de próstata

Durante os testes, pesquisadores utilizaram mais de 900 imagens. O programa conseguiu atingir uma taxa de acerto de 87% para casos de retinopatia, além de ter uma taxa de acerto de 90% ao indicar corretamente aqueles que não apresentavam a doença.

O software é autônomo e não necessita que um médico especialista analise os resultados para comprovar o diagnóstico. Ou seja, o programa pode ser usado por enfermeiros e médicos que não sejam oftalmologistas para agilizar a diagnose e início do tratamento.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário