Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Itaú lançou nesta sexta-feira um teclado para Android e iOS que permite fazer transferências sem que o usuário precise sair do WhatsApp ou de qualquer app de mensagem ou rede social que estiver usando no momento. O recurso funciona integrado ao aplicativo do banco, já presente nos smartphones, e estará disponível por meio de atualização a todos os usuários e clientes do banco que o tiverem instalado.

Segundo o banco, para usar a funcionalidade, é preciso habilitá-la no aplicativo do banco e informar a senha do cartão. Quando estiver em algum app de mensagens, como o próprio WhatsApp, basta acionar o teclado para digitar uma mensagem e selecionar o Teclado Itaú nas opções para fazer uma transferência sem precisar sair da conversa — ou da busca ou do post, caso esteja no acessando o Google ou navegando no Facebook. Vale ressaltar que a ferramenta dá a opção de transferir dinheiro apenas a contatos salvos no app do Itaú.

Veja também:WhatsApp começa em breve a permitir transferência de dinheiroBanco do Brasil vai informar saldo de conta e fatura do cartão pelo WhatsApp

A ideia do banco é se fazer presente “no contexto em que o cliente está inserido, como uma conversa com um amigo por mensagem de texto”, explica, em comunicado, Wagner Sanches, diretor-executivo da empresa. “Aprimoramos nosso canal para termos uma solução rápida, fácil e segura”, completa.

De acordo com a instituição financeira, atualmente, mais de 80% das transações de seus clientes são feitas por meio do internet banking e de aplicativos. Além disso, mais de 10 milhões de correntistas usam seus canais digitais, o que equivale a mais da metade da base do Itaú.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.