Timehop confirma que vazamento de dados foi pior que o imaginado

Timehop confirma que vazamento de dados foi pior que o imaginado

A Timehop confirmou que o ataque sofrido pela empresa resultou no vazamento de mais dados do que o imaginado. A empresa divulgou uma atualização sobre incidente nesta quarta-feira, 11, confirmando o vazamento de mais informações pessoais de usuários, além do e-mail, endereço, nome e telefone. O caso ocorreu no dia 4 de julho e afetou 21 milhões de usuários do app.

De acordo com a publicação do Timehop, os criminosos também tiveram acesso à data de nascimento, gênero e códigos de país de alguns dos usuários. Anteriormente, a empresa havia apenas reportado o vazamento de nome, e-mail, endereço e número de telefone. Apesar disso, o aplicativo confirma que houve apenas um único ataque.

Veja também:Android pode passar por mudança radical após pressão da União EuropeiaNome do Android P pode ter vazado graças ao suporte técnico da HuaweiMultilaser é acusada de vender celular com malware pré-instalado no BrasilEx-funcionário da Apple é preso após roubar informações secretas da empresa

A empresa também forneceu mais detalhes sobre a quantidade de usuários afetados pelo ataque. O número total de 21 milhões se mantém, mas “apenas” 4,9 milhões dessas pessoas tiveram o número de telefone vazado e 9,2 milhões o gênero obtido. Já o vazamento de nomes e e-mail são bem mais amplos: 20,4 milhões e 18,6 milhões, respectivamente.

Apesar do vazamento de milhões de informações pessoais, o Timehop afirmou que o conteúdo das publicações em redes sociais permanece intacto. Segundo a empresa, os dados são armazenados em uma base de dados mais moderna e segura do que a que continha as informações vazadas. A companhia afirma ainda que está trabalhando para evitar novos problemas como estes.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.