Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma usina a carvão que deixou de operar em 2014 vai reabrir suas portas para fornecer energia elétrica exclusivamente para a mineração de criptomoedas.

A mineração de criptomoedas como a bitcoin exige muita energia elétrica, com uso de diversas máquinas extremamente potentes. Por isso, pessoas e empresas interessadas na prática buscam alternativas de fornecimento de energia baratas para suas instalações.

Veja também:Cidade nos Estados Unidos é a primeira a banir mineração de criptomoedasAquecedor de ar também funciona como minerador de criptomoedas

Em Hunter Valley, na Austrália, uma usina a carvão vai ser readequada para fornecer energia a preços mais baixos. A empresa de energia local se uniu à companhia IOT Group para criar um “centro de operações de blockchain” dentro da usina.

A energia será fornecida diretamente da usina para as máquinas, eliminando a necessidade de retransmissores e outros intermediários, o que vai baratear o preço final da energia elétrica, de acordo com o site The Age.

Além do carvão, as empresas pretendem usar também outras fontes de energia, como solar e até baterias. A expectativa é que o “centro blockchain” comece a operar em 2019.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário

blog do wordpress