Vem aí a moeda virtual do Telegram

Vem aí a moeda virtual do Telegram

O Telegram vai se aventurar em uma nova área: de acordo com o TechCrunch, o popular aplicativo de mensagens prepara uma criptomoeda própria chamada Gram.

Nos próximos meses, o Telegram deve apresentar um projeto chamado Telegram Open Network (TON), que terá pagamentos usando a criptomoeda. Os usuários do serviço vão poder ter uma carteira virtual própria que armazenará tanto moedas convencionais quanto a criptomoeda Gram.

Veja também:Fundador da criptomoeda Ripple agora é um dos maiores bilionários do mundoHackers norte-coreanos agora estão roubando criptomoedas, diz Coreia do SulApós ‘minerar’ PCs de usuários, Pirate Bay pede doações em criptomoedas

O lançamento do novo serviço deve contar com uma oferta inicial de moedas (ICO). O blockchain vai ter uma parte centralizada e uma descentralizada, e a expectativa é que seja possível processar 1 milhão de transações por segundo.

O Telegram pretende criar uma reserva de 200 milhões de Grams, sendo que 52% devem ser retidos para evitar que a moeda seja dominada por especuladores. Outros 44% serão vendidos, enquanto os desenvolvedores do Telegram devem ficar com 4% das moedas virtuais.

O serviço deve ser apresentado nas próximas semanas, com o lançamento da carteira prevista para o fim do ano e o restante dos serviços para 2019.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.