Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Desde a introdução do Android 8.0 (Oreo), o sistema operacional possui uma ferramenta de PiP (picture-in-picture) nativa, que permite ao usuário acompanhar vídeos enquanto usa outros apps no celular. No entanto, desafiando a lógica, o YouTube limitou a função, habilitada apenas para assinantes do YouTube Red. Isso pode estar mudando, no entanto, como mostra um novo teste identificado por alguns usuários do app.

A decisão de limitar o recurso tem a ver com direitos autorais, especialmente para vídeos musicais, que também são o motivo pelo qual o YouTube não permite que você deixe algum conteúdo em reprodução com a tela desligada. Assim, como nota o Android Police, é compreensível que você suspeite que haja alguma “pegadinha” envolvida. E você estaria certo.

Reprodução

Os autores de vídeos terão a opção se querem ou não que seu conteúdo possa ser reproduzido em PiP. Os usuários que tiveram acesso ao recurso sem ter a assinatura do YouTube Red mencionam que a maioria dos vídeos musicais tiveram a reprodução em PiP bloqueada.

 

Por enquanto, se trata de um teste limitado e feito com base em um ajuste nos servidores do Google, então não há como acessar a função instalando um APK, por exemplo. Não se sabe quais são os planos do Google para expandir o recurso à toda a sua base de usuários, mas é fato que os usuários precisam rodar o Android 8.0 ou superior para ter acesso à função, já que versões anteriores não suportam PiP.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Compartilhe:

Deixe seu comentário